Home Séries Chef’s Table — O motivo das máquinas não poderem cozinhar
Chef’s Table — O motivo das máquinas não poderem cozinhar

Chef’s Table — O motivo das máquinas não poderem cozinhar

16
0

Chef’s Table pode aparecer como recomendação pela Netflix diante de seus olhos. Num primeiro momento, pode parecer mais um daqueles realitys sobre quem cozinha melhor, ou em menos tempo. Isto não poderia estar mais errado.

Arriscando o play

Os pratos não são o personagem principal

Neste domingo estava zapeando pela Netflix em busca do que assistir. Nada parecia me empolgar naquele final de semana chuvoso e tedioso. As séries e filmes do catálogo pareciam velhos de tanto que os vejo diariamente, e nenhum blockbuster parecia valer a pena o play.

Volta e meia a imagem de alguns pratos exóticos de comida surgiam, e iam rapidamente rodando para a esquerda do catálogo. Não chamavam minha atenção, já que competiam com o cheiro que vinha da minha cozinha.

Minha esposa suava diante do fogão, enquanto meus dois filhos se aninhavam comigo no sofá. A barriga roncava, mas nem isto me fazia clicar naquele programa de culinária. Tinha, no meu inconsciente, criado uma imagem mental do programa. Um monte de cozinheiros correndo contra o tempo em volta de um fogão, para depois serem detonados por chefs renomados e pomposos.

Finalmente minhas opções se esgotaram. Eu cheguei a conclusão que queria um programa vazio para tirar um cochilo, cliquei em Chef’s Table.

Se arrumando no sofá

Mashama Bailey dá lição de vida, e de cozinha

Logo de cara, belas imagens em 4K invadiram minha sala. Assim como uma bela trilha sonora e edição fora do padrão para um programa de culinária.

Me ajustei ao sofá para entender o que via, e fiquei empolgado ao ver que a série não é apenas sobre cozinhar, mas porquê cozinhar. O primeiro episódio que vi foi sobre Mashama Bailey, uma mulher negra nascida no Bronx, EUA. Durante os 50 minutos do episódio, ela conta sua história de vida, do preconceito que sofreu desde a infância e como venceu na vida através de sua culinária.

Através do programa, pude perceber que sua comida ficou conhecida após ela resgatar a culinária de seus antepassados, de seus avós, e de sua cidade. Mesmo cozinhando bem, ela tentou várias vezes até encontrar sua arte. Sua comida, conta uma história, e isto é mostrado com emoção na série. Não vemos um chef’s cozinhando, mas como uma pessoa se transforma em um chef através de suas emoções. Aquilo que chamamos de alma, que não pode ser emulado por máquinas, se faz presente na cozinha, assim como em um quadro ou num livro.

Cozinhar é arte, é amor. E na série, além de Mashama Bailey, podemos ver gente de todos os cantos do mundo fazendo de suas alegrias e sofrimentos uma forma de entender como a gastronomia pode conversar conosco.

Episódios memoráveis

De cuidador à matador, mas sem mudar seus ideais

Um episódio que me tocou, foi o que contou a história de Dario Cecchini. Um italiano figuraça, que queria ser veterinário para cuidar dos animais que tanto amava. Como a vida não é justa, acabou herdando e sendo obrigado a trabalhar num açougue para sustentar a família. Deprimido por ter de matar animais, não os salvar, ele acabou criando um restaurante onde se aproveita absolutamente todas as partes do boi abatido para não ter desperdício. Para ele, seria um crime matar um belo animal por causa de uma bisteca ou um filé. Assim, acabou criando um menu onde patas, língua, rabo e até as entranhas dos animais são aproveitados. Mesmo com um começo difícil, hoje seus restaurantes têm fila de espera onde os clientes são recebidos com copos de vinho e cantoria.

Chef’s Table não é um programa de culinária. É um programa sobre pessoas. Casualmente, aqui, estas pessoas também são chefs. Mas entender o porquê elas cozinham, é tão transformador quanto assisti-las cozinhar.

(16)

Albert Vaz Escritor e roteirista que já era nerd desde a época que isto era crime. Caráter forjado na mesa de RPG e pelas séries de gosto discutível da TV Manchete.

Deixe um comentário

Por favor Faça Login para Comentar
  Acompanhe respostas por e-mail  
Notificar