Home Séries Good Omens — As Belas Maldições de Neil Gaiman
Good Omens — As Belas Maldições de Neil Gaiman

Good Omens — As Belas Maldições de Neil Gaiman

12
0

Anunciada para 31 de março deste ano, Good Omens é mais uma série que chega na Prime Video. Mas você já leu o livro que deu origem a série? Conhece seu autor, ou outros livros e quadrinhos que ele escreveu? Então veja alguns pontos que fazem de Good Omens uma das séries mais aguardadas deste ano.

O Autor

Neil Gaiman é o gênio por trás de vários quadrinhos e livros

Neil Gaiman é um britânico de 58 anos de idade. Ele começou sua carreira pelo jornalismo, mas logo começou a escrever romances e quadrinhos. Em 1988, ele lançou um dos quadrinhos mais aclamados pela crítica. “Sandman” conta a história de Morpheus, o senhor dos sonhos, em várias épocas da história, interagindo com diversas pessoas e outras divindades. Para ilustrar o quão profundo e complexo é este personagem, seria preciso uma postagem apenas para isto.

Em 1990 ele lança o romance “Good Omens”, traduzido no Brasil como Belas Maldições, que falaremos melhor abaixo.

Já no ano seguinte, “Os Livros da Magia” é publicado pela DC Comics mostrando a história de um garoto que não sabia que era bruxo, mas que com ajuda de grandes magos descobre seus poderes. Ao ver na capa o personagem Timothy Hunter, um garoto de 13 anos, usando óculos ao lado de uma coruja, podemos lembrar rapidamente de Harry Potter, que só foi lançado em 97. Com as acusações de plágio contra a autora J. K. Rowling, o próprio Neil Gaiman teve que vir em sua defesa para negar os boatos.

Os Deuses de Neil Gaiman

Ainda em 1991, Neil Gaiman publica outro grande sucesso literário, “American Gods”. A história narra uma guerra entre os velhos deuses contra os novos, nos EUA. Este romance já tem sua adaptação para uma série, também pela Prime Video.

O personagem Lúcifer que vemos na série também é criação de Gaiman

Tanto “Sandman”, como “American Gods”, trazem uma visão particular de Gaiman sobre as divindades. Segundo seus livros e quadrinhos, os deuses são seres que “nascem” e ficam mais fortes conforme as pessoas acreditam neles. Assim, não apenas Jesus existe neste universo, mas a tecnologia, a morte, o sonho e até a internet são seres poderosos. Sandman, sendo o deus dos sonhos, por exemplo, só existe porque a humanidade tem a capacidade de sonhar.

Este conceito está em vários quadrinhos, e tenho certeza que você conhece outra série derivada das ideias de Gaiman. “Lúcifer”, lançada pela Fox em 2016, traz o personagem criado Neil Gaiman nos quadrinhos de “Sandman”. Lá, vemos um Lúcifer cansado do inferno, que posteriormente acaba trancando tudo e indo administrar um bar. A maioria que vê a série não sabe, mas nos quadrinhos, Lúcifer esvazia o inferno, tranca-o, e entrega a chave para o próprio Sandman.

Como vimos, Neil Gaiman adora escrever sobre divindades. Deuses criados por humanos, ou divindades filosóficas que já estavam por aqui antes da própria humanidade surgir. Claro que os anjos e demônios fariam parte deste panteão. E é aqui que entra “Good Omens”.

Good Omens

Antes de mais nada é preciso separar Good Omens das outras obras por um motivo. É uma comédia. Ao contrário de Sandman que traz um personagem mais filosófico e histórias densas, Good Omens (Belas Maldições) apresenta o lado cômico das divindades.

Apesar do livro ter sido lançado há quase 30 anos, não darei spoilers por conta da série que estreia este mês. Mas o enredo é o seguinte. O Anjo Aziraphale e o demônio Crawly são responsáveis pelo Apocalipse, que Deus deve trazer em breve para a humanidade, o problema é que nenhum dos dois está muito afim de fazer isto.

Os motivos deles quererem adiar o fim do mundo deve ser abordado na série, assim como alguns detalhes sobre o anticristo, que também está agindo. Os efeitos visuais que vemos no trailer estão ótimos e contamos com dois grandes atores nos papeis principais, David Tennant e Michael Sheen. Além deles, Benedict Cumberbatch interpretará o próprio Satã.


Com todo o background do autor e um belo trailer, Good Omens tem tudo para ser uma boa série. Lembremos que American Gods está indo esta semana para sua segunda temporada, e lá vemos o ótimo trabalho que a Prime Video está fazendo com suas séries originais. Agora é esperar para ver o resultado final no fim do mês.

(12)

Albert Vaz Escritor e roteirista que já era nerd desde a época que isto era crime. Caráter forjado na mesa de RPG e pelas séries de gosto discutível da TV Manchete.

Deixe um comentário

Por favor Faça Login para Comentar
  Acompanhe respostas por e-mail  
Notificar