Home POP Jinn – Netflix vai lançar sua primeira série original árabe.
Jinn – Netflix vai lançar sua primeira série original árabe.

Jinn – Netflix vai lançar sua primeira série original árabe.

3
0

A maior provedora de vídeos em streaming do planeta está cada vez mais ampliando seu alcance e garantindo sua presença em novos territórios.

O cenário da vez é a Jordânia, no Oriente Médio, onde vai retratar uma série dramática de 06 capítulos que contará a vida de jovens árabes que tem suas amizades e romances testados quando um Jinn (Gênio, na livre tradução), surge em seus caminhos como sendo um representante da escuridão e do mal.

A série corre no sentido já carimbado e de sucesso do gênero sobrenatural: impedir que Jinn destrua o planeta.

Esta é uma ótima oportunidade para retratar a juventude árabe de uma maneira muito singular. O nível de autenticidade que a Netflix está tentando alcançar com este show é definitivamente o que mais me atraiu para fazer parte desse projeto “, disse o libanês Mir-Jean Bou Chaaya, diretor da série.

A equipe técnica se completa com a produção assinada por Elan e Rajeev Dassani, e roteiro do jordano Bassel Ghandour, indicado ao Oscar de melhor filme estrangeiro por “O Lobo do Deserto”.

Segundo ainda o próprio diretor, a produção vem como um ponto de influxo em uma região de cultura e histórias tão ricas possibilitando um material de qualidade na língua árabe.”É muito comum no Oriente Médio que as pessoas conheçam alguém que tenha uma história com um gênio, e por isso é bom aproveitar e transformar essas narrativas em uma aventura adolescente divertida e misteriosa que todos podem desfrutar”, completa o diretor em seu comunicado.

Eleven, personagem de Stranger Things, além de fazer enorme sucesso pode ter deixado frutos: ao que tudo indica, para esta série teremos uma protagonista feminina.

Nos resta esperar.

As filmagens começam no fim deste ano e o lançamento está previsto para 2019.

 

(3)

Totonho Lisboa Sou ator de teatro e televisão e produzo espetáculos sob encomenda. Sou parte do nicho que se interessa por muitos assuntos, mas não é expert em muita coisa. Meus momentos criativos são compostos por séries, Wood Allen, curtas metragem e trabalhos irônicos independentes. Não tenho nada contra Blockbuster.