Home POP O Guia do Mochileiro das Galáxias
O Guia do Mochileiro das Galáxias

O Guia do Mochileiro das Galáxias

15
0

O Guia do Mochileiro das Galáxias vai ganhar nova série!

Se você é deste planeta (terra), ou é um atento morador das galáxias mais próximas, deve ter ouvido falar (provavelmente com seu Babel fish), de que o livro vai ganhar uma nova série.

Primeiro volume de uma série de livros escritos por Douglas Adams, O Guia do Mochileiro das Galáxias é um referencial nerdcultuniversal.

Isso quer dizer que se você não leu o livro, não viu a série de 1981 ou não viu o filme de 2005 saia agora do computador e vá se martirizar ouvindo poesias dos Vogons.

E se você não sabe o que significa 42, (aff), nem adianta pegar uma toalha, você está perdido.

imagem-naftalina-pop-o-guia-do-mochileiro-das-galaxias-vogons
Um Vogon

 

Série O Guia do Mochileiro das Galaxias

Nesta semana, 24 de julho de 2019, foi anunciado que o serviço de Streaming Hulu está desenvolvendo uma nova série para o Guia de Adams.

O que nos deixa com uma dúvida cruel: será que desta vez será feita uma adaptação a altura dos livros.

Eu mesmo respondo: não!

Não é nada pessoal, mas é quase impossível chegar ao ritmo e humor que Adams impõe em sua obra.

Em 1981, logo depois do lançamento dos livros a BBC já lançou uma série. Foi bom? Não!

Mas também, era 1981!

imagem-naftalina-pop-o-guia-do-mochileiro-das-galaxias-1981-arthur-e-marvin
Arthur e Marvin em 1981

Adams morreu em 2001 e sua obra ganhou filme em 2005.

Ficou bom? Quase. Mas não!

imagem-naftalina-pop-o-guia-do-mochileiro-das-galaxias-2005
O Guia do Mochileiro das Galáxias – Filme de 2005

Os Vogons não nos vencem com sua burocracia!

Desta vez, o Hulu colocou Carlton Cuse que também fez Lost e Tom Clancy’s Jack Ryan e Jason Fuchs que cuidou de Mulher-Maravilha e A Era do Gelo 4 para escrever esta nova série.

É promessa de que vai ficar bom? Não!

Mas, antes que eu vire um Marvin da vida, espero ansioso para assistir.

A expectativa é a de que a estreia aconteça já em 2020.

Adams ja teve outra obra sua adaptava para a TV.

Foi Dirk Gently’s Holistic Detective Agency, que teve duas temporadas e foi produzida, adivinhem, pela BBC.

No Brasil está disponível na NetFlix.

O Guia dos Mochileiros das Galáxias

imagem-naftalina-pop-o-guia-do-mochileiro-das-galaxias--

Douglas Adams criou sua obra primeiro baseado em peças dramáticas de ficção científica para o rádio (no que talvez hoje chamemos de podcast. Ah, Douglas, seu visionário S2), em 1978.

Isso depois de viajar pela Europa com um Guia de Mochileiros, ainda na década de 1970 e conhecer um produtor da BBC em 1977.

Movido por esse sucesso do rádio, Adams foi convidado para escrever o livro O Guia do Mochileiro das Galáxias e não parou mais. Ainda em vida lançou:

  • O Restaurante no Fim do Universo (1980)
  • A Vida, o Universo e Tudo Mais (1982)
  • Até Mais, e Obrigado Pelos Peixes! (1984)
  • Praticamente Inofensiva (1992)

Após a morte de Adams, em 2001, o autor irlandês Eoin Colfer conseguiu permissão da família para dar continuidade a sua obra e escreveu E Tem Outra Coisa…, que foi lançado em 2009.

“Ah, a vida! Pode-se odiá-la ou ignorá-la, mas é impossível gostar dela.”

Eu não deveria, mas, se você não leu O Guia, segue sinopse…

Não! Se não leu, azar o seu! Vai ler!

Não entre em Pânico

Mas, para não achar que sou do planeta Vogsfera, deixo abaixo curiosidades sobre a obra e o autor.

Mas, faça um favor para você e sua genética: vá conhecer a obra.

imagem-naftalina-pop-o-guia-do-mochileiro-das-galaxias-42
autoexplicativo

Curiosidades sobre O Guia e Douglas Adams

PS: nada do que está listado abaixo tem compromisso com a verdade.

  • A idéia de O Guia do Mochileiro das Galáxias chegou a Douglas Adams enquanto ele estava bêbado em um campo em Innsbruck, na Áustria, em 1971.
  • Em homenagem brilhantismo de Adams, celebra-se o Dia da Toalha todo 25 de maio desde 2001 – uma toalha é o item mais requintado em um arsenal intergaláctico de caroneiros, segundo Adams.
  • A reverencia à toalha vem de uma experiência real que Adams teve de férias com amigos para a Grécia. De acordo com o próprio, todas as manhãs seus amigos tinham que espera-lo enquanto procurava sua toalha.
  •  Adams já havia escrito para séries de rádio como The Burkiss Way.
  • O protagonista Arthur Dent foi quase batizado de Aleric B. Dent. Adams mudou o nome do herói durante uma corrida de táxi para uma reunião de campo da BBC para a série de rádio.
  • Ao escrever o quarto livro da trilogia Até Mais, e Obrigado Pelos Peixes!, Adams ficou trancado em uma suíte de hotel por três semanas com seu editor (e namorada) para garantir que o livro fosse escrito em tempo hábil.
  • Adams teve a ideia da continuação do Guia do Mochileiro, O Restaurante no Fim do Universo, onde o entretenimento dos clientes consiste na explosão do universo, enquanto ouvia a música do grupo de rock progressivo Procol Harum, de 1973, “Grand Hotel”.
  • No início, o universo foi criado. Isso irritou profundamente muitas pessoas e, no geral, foi encarado como uma péssima ideia.”

  • Adams não gostava particularmente de suas duas últimas contribuições para a série, Até Mais e Praticamente Inofensiva, afirmando “eu realmente não deveria ter escrito, e eu senti isso quando estava escrevendo. Eu fiz o melhor que pude, mas não foi, você sabe, realmente do coração. ”
  • Adams, ainda, falou sobre o final triste (assim como todas as páginas anteriores também),de Praticamente Inofensiva, dizendo: “A razão para isso é muito simples – eu estava tendo um ano ruim …”
  • Por que 42 é a resposta para a vida, o universo e tudo mais? Adams explicou sua escolha em site de fãs em 1993, desbancando punhados de teorias sobre seu fascínio pelo número: “A resposta para isso é muito simples: Foi uma piada! Tinha que ser um número pequeno e comum e eu escolhi esse. Representações binárias, monges tibetanos e tudo mais são um completo disparate. Sentei-me à escrivaninha, olhei para o jardim e pensei: “42 vai funcionar”. Então eu digitei. Fim da história.”
  • Aprenda a receita da Dinamite Pangalática, drink inventado por Zaphod Beeblebrox (ex-presidente do universo), e saiba como é “ter seu cérebro esmagado por uma fatia de limão enrolada em um grande tijolo dourado”. Só não beba dois, a menos que você seja um “mega elefante de 30 toneladas com pneumonia bronquial”.
  •  Receita:
    • 1 azeitona (opcional)
    • 1 limão para decorar ou cereja
    • Gelo
    • 40ml de Jameson
    • 25ml de absinto
    • 15ml de curaçau blue
    • 10ml de cointreau
    • 50ml de suco de laranja
    • 1 dose de licor de menta
    • 1 pitadinha de essência de baunilha
    • Água com gás ou soda para completar

 

(15)

Totonho Lisboa Sou ator de teatro e televisão e produzo espetáculos sob encomenda. Sou parte do nicho que se interessa por muitos assuntos, mas não é expert em muita coisa. Meus momentos criativos são compostos por séries, Wood Allen, curtas metragem e trabalhos irônicos independentes. Não tenho nada contra Blockbuster.

Deixe um comentário

Por favor Faça Login para Comentar
  Acompanhe respostas por e-mail  
Notificar