Home Séries The Expanse – Vale a pena assistir?
The Expanse – Vale a pena assistir?

The Expanse – Vale a pena assistir?

248
0

The Expanse estreou em Novembro de 2015 no Amazon Prime e posteriormente na Netflix. Sem chamar muita a atenção do público brasileiro, ainda é desconhecida por muitos.

O Universo de The Expanse

A série se passa 200 anos no futuro. Neste cenário, algumas áreas do sistema solar já foram colonizadas pelos humanos. Há três grandes potências formadas: A Terra, Marte e o cinturão de asteroides.

A Terra, com seus vastos recursos naturais, é invejada por todos. Marte possui muita tecnologia e vive numa sociedade forte e unida. Já a população do cinturão, chamados de Belters, são atrasados e segregados de várias formas. Os Belteres inclusive possuem problemas ósseos por causa da baixa gravidade.

Aqui já temos um dos pontos frágeis deste sistema. Os Belters trabalham muito, mas dependem de água vinda da Terra para viver. Cada gota de água conta num local inóspito como o que eles vivem. São tratados como cidadãos de segunda classe, por isto mesmo se rebelam contra o sistema estabelecido.

O clima é de tensão entre estas três potências, e qualquer fagulha pode fazer estourar uma guerra.

 

 

 

 

 

 

 



O Enredo

Neste cenário acompanhamos o detetive Josephus Mille, nascido em Ceres, no Cinturão de Asteroides. Ele foi contratado para encontrar uma jovem desaparecida, Julie Mao.

Neste mesmo tempo acompanhamos James Holden, terrestre oficial da nave transportadora de gelo Canterbury. A nave em que ele trabalhava foi emboscada e destruída por uma nave com tecnologia invisível. Como Canterbury era da Terra, a culpa recaí sobre os Marcianos, que negam o ataque.

Já na Terra, a executiva das Nações Unidas, Chrisjen Avasarala, investiga o ataque à Canterbury para tentar impedir uma guerra entre a Terra e Marte.

 

As atuações

Os atores principais, Thomas Jane (Mille), Steven Strait (Holden) e Shohreh Aghdashloo (Avasarala), conseguem entregar uma atuação regular. Não há momentos de ‘overacting’ de nenhum deles, mas também não são marcantes. Shohreh Aghdashloo consegue um pouco de destaque a mais, com sua voz marcante e momentos de evolução da personagem.

Nenhuma atuação se destaca muito, porém nenhum deles estraga a trama de The Expanse.

Vale a pena?

The Expanse começa maçante. É um pouco lento, confuso e até tedioso nos primeiros capítulos. A série compensa isto nos ótimos efeitos visuais, comparáveis à Battlestar Galactica.

Ela vai melhorando com o passar dos episódios, onde entendemos melhor a trama, o cenário político e a tensão no Sistema Solar.

Aqui uma crítica ao final da primeira temporada: Ela destoa do que estava sendo construído. Apresenta um novo elemento que até então não era cogitado, o que, para mim, enfraquece a trama.

Não me arrependi de ter assistido à primeira temporada e vou começar a segunda. É uma série penosa para se assistir, mas recompensadora pelos bastidores políticos daquele universo, bons efeitos e por manter sempre um pé dentro da realidade. (Aqui novamente torço o nariz para o final da temporada).

Em resumo: The Expanse é uma boa série para quem gosta de uma trama numa pegada noir, com muita política envolvida. Possui muitas cenas de ação, mas se procura apenas isto, fuja dela.

A série tem suas duas temporadas disponíveis na Netflix.

Se você gosta de séries futuristas, dê uma conferida na Análise do Altered Carbon!

(248)

Albert Vaz Escritor e roteirista que já era nerd desde a época que isto era crime. Caráter forjado na mesa de RPG e pelas séries de gosto discutível da TV Manchete.

Deixe um comentário

Por favor Faça Login para Comentar
  Acompanhe respostas por e-mail  
Notificar